Casa Rústica em Campos do Jordão: Refúgio Ideal para Descanso em Família

A elaboração deste projeto residencial em Campos do Jordão, SP, exigiu cuidados específicos do arquiteto Cláudio Arakaki para proporcionar aos proprietários um ambiente aconchegante e relaxante, onde pudessem desfrutar da natureza da Serra da Mantiqueira com conforto e tranquilidade, além de receber amigos e familiares nos finais de semana.

Com 271 m² de área construída em dois andares, a opção pelo estilo rústico é evidente. O projeto inclui quatro suítes, duas em cada andar, integradas por um mezanino com sala de TV íntima e uma lareira de ferro para aquecimento nos dias mais frios. A área de lazer conta com uma cozinha americana separada por um balcão, churrasqueira e forno de pizza, todos integrados por uma varanda com gradil de madeira rústica e piso cerâmico.

O principal desafio enfrentado pelo arquiteto foi a preservação do meio ambiente, integrando a parte social e de lazer voltada para um bosque natural, mantendo todas as espécies nativas da região. Arakaki esteve envolvido desde a compra do terreno até a conclusão da construção, que levou um ano e quatro meses para ser finalizada.

O telhado, com sua forma diferenciada e volumes, convida os visitantes a permanecerem na residência. Concebido em duas águas, o telhado de vários níveis utiliza telhas americanas na cor palha mesclada, aproveitando os volumes para criar um mezanino na parte central.

O revestimento rústico, com destaque para a utilização de madeira de cedro rosa para portas e janelas, cria uma atmosfera acolhedora. A escada foi projetada em toras de cedrinho da região, enquanto os pisos de cerâmica em tons claros foram escolhidos para as áreas úmidas, e carpete de madeira para sala e quartos.

A decoração, com detalhes como patinas coloridas nos dormitórios e um grande painel de lascas de cedrinho na sala, reflete o desejo dos clientes em criar espaços acolhedores e relaxantes. Essa transformação das ideias em ambientes confortáveis é uma das tarefas mais gratificantes para Arakaki.

Texto Ana Luísa Lage
Fotos Patrícia Cardoso

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top